A Importância do tratamento de Sementes na cultura da Soja!

A produção de soja possui um papel importante na estruturação da economia brasileira. Isso ocorre porque a commodity da soja é o principal produto da pauta de exportação nacional: a cada 100 dólares exportados, 14 vêm da soja.

Como segundo maior produtor mundial de soja, o Brasil fica atrás dos Estados Unidos por uma pequena margem, segundo os dados mais recentes apresentados pela Embrapa. O Brasil conseguiu alcançar esses números impressionantes através de diversas ações na área de planejamento do agronegócio e no campo, com alguns destaques especiais.

A utilização do sistema de rotação de culturas tem sido importante aliado da produção da soja nacional. Outros fatores incluem o preparo e a adequação do solo, a escolha das sementes e dos defensivos agrícolas a serem aplicados, a dessecação e a forma mais adequada de colheita. Neste sentido, o tratamento das sementes de soja ganha relevância entre as práticas que auxiliam no aumento da produtividade do plantio. Se você tem interesse em entender sobre o que é e qual a importância do tratamento das sementes de soja, dê uma conferida na sequência!

Medindo a qualidade das sementes de soja

controle de qualidade das sementes é fator vital para assegurar o sucesso da lavoura, cujo principal índice de medição de sucesso é a sua produtividade. Qualquer produtor consegue medir a produtividade da sua lavoura, caso tenha o desejo de comparar os seus resultados com a média por estado ou nacional. A produtividade da lavoura é obtida através da relação (divisão) entre a produção e a área.  A produtividade média da soja brasileira é de 3.206 quilos por hectare (safra 2016/17), mas varia de região para região. Os Estado Unidos conseguem uma média um pouco maior do que a brasileira: 3.468 quilos por hectare.

Mas enfim: qual o segredo para obter rendimentos elevados na lavoura?

O cuidado começa no controle de qualidade das sementes.

O que é o tratamento das sementes de soja

A qualidade das sementes pode ser medida através das suas características genéticas, físicas, fisiológicas e sanitárias. Neste caso, o tratamento das sementes diz respeito a conseguir a melhor qualidade sanitária possível das sementes de soja. O tratamento das sementes é caracterizado pela adoção de medidas preventivas de combate aos fitopatógenos - fungos e pragas de solo - durante o processo germinativo e de emergência da semente. Tratamento, como o nome indica, se refere à aplicação de defensivos químicos ou biológicos, como fungicidas e inseticidas, nas sementes. Através do tratamento, as sementes são protegidas das condições adversas especificadas, desde o solo até a formação das plantas.

Os principais fitopatógenos que atacam a qualidade das sementes são os fungos, que podem causar a queima da haste e da vagem, antracnose, mancha púrpura, podridão das raízes, das hastes e da vagem, além do tombamento e morte em reboleira. O tratamento das sementes de soja também inclui inseticidas para controle dos insetos-praga, que são principalmente algumas espécies de lagartas e as moscas-brancas.

Como identificar as necessidades da lavoura!

Antes de aplicar o tratamento nas sementes, é importante identificar o quadro da lavoura, incluindo alguns fatores:

1 - Qual é o tipo de manejo utilizado?

2 - Qual é a cultura anterior na área?

3 - Pragas que afetam a região da lavoura?

O auxílio de profissionais especializados é importante para efetuar a análise da situação da lavoura. A escolha errada dos defensivos agrícolas pode culminar na ocorrência de fitotoxidade na lavoura.

 

Riscos das sementes de baixa qualidade!

No cenário de extrema competitividade que é o do mercado das commodities, especialmente em se tratando da soja,  o produtor deve procurar sempre obter a maior produtividade possível. A utilização de sementes de baixa qualidade pode causar os seguintes problemas, segundo os estudos dos especialistas da Embrapa:

1 - Necessidade de replantio

2 - Aumento do custo de produção

3 - Troca de cultivar

4 - Perda da melhor época de semeadura

5 - Risco de sobreposição de herbicidas

6 - Fitotoxidade

7 - Perda dos fertilizantes aplicados

Todas as adversidades acima culminam no mesmo resultado: diminuição da produtividade e, consequentemente, da rentabilidade do agricultor. Deste modo, é importante conhecer algumas das tecnologias mais importantes e inovadoras no tratamento das sementes de soja e na manutenção da alta produtividade da lavoura.

Tecnologias de proteção das sementes

Algumas técnicas do mercado de insumos para o agronegócio são extremamente eficientes no tratamento das sementes de soja. A aplicação das técnicas é fruto de um processo de desenvolvimento altamente tecnológico, cuja aplicação é automatizada, o que permite a dosagem ideal das substâncias. Entre as tecnologias pioneiras, se destacam:

Film-Coating

O film-coating consiste na utilização de polímeros para o recobrimento das sementes. Com a utilização desta técnica, uma fina camada de polímero é aplicada na superfície da semente, garantindo alguns benefícios para a plantação:

1 - Melhor adesão e distribuição dos defensivos agrícolas na semente;

2 - Melhor distribuição das sementes durante a semeadura;

3 - Resistência à abrasão;

4 - Secagem mais rápida;

5 - Reduz perdas por lixiviação;

6 - Facilidade de ensaque, entre outros benefícios;

O film-coating atua em diversas frentes e, por esse motivo, segue como um aliado importante na lavoura de soja.

Incrustação e Peletização

A técnica de incrustação e peletização agrega massa às sementes através da utilização de um material inerte. O principal objetivo da tecnologia é a uniformização do formato e do peso das sementes, que permite ao produtor ter maior precisão no processo de plantio.

Algumas das vantagens do procedimento são:

1 - Distribuição uniforme durante o plantio;

2 - Melhora da semeadura mecanizada;

3 - Redução do desbaste;

4 - Redução dos impactos mecânicos sofridos durante a semeadura;

Coloração para Agroquímicos e Sementes

A legislação brasileira referente ao tratamento de sementes disciplina que, nas sementes revestidas, é obrigatório o uso de colorantes de cor diferente da semente original para diferenciação em relação às sementes não revestidas. Por este motivo, os defensivos, fertilizantes e sementes devem sofrer a aplicação de substâncias colorantes.

Conheça as melhores tecnologias para a sua semente

A Laborsan Agro disponibiliza diversas soluções para o tratamento de sementes de soja. Através do seu atendimento personalizado, forte presença no campo e equipe de profissionais capacitados para atender a demandas específicas, a empresa atua há mais de 20 anos no mercado nacional. Para saber mais sobre tecnologias de tratamento de sementes de soja, visite o site!

Mais Informações:
embrapa.br/web/portal/soja/cultivos/soja1/dados-economicos